sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

5 razões pelas quais sua dieta é um fracasso


Tentando perder peso com a dieta detox? Tome cuidado para não cair nos cinco erros mais comuns. Você pode não apenas fracassar no seu objetivo de perder peso como também ficar doente! Essas dicas, em última análise, servem para qualquer tipo de dieta. Não cometa esses erros. Clique abaixo para continuar a leitura.

1. Seu intestino não está saudável
Você pode comer os alimentos mais saudáveis do mundo, mas eles trarão pouquíssimos benefícios se você tiver a Síndrome do Intestino Permeável. Trata-se de uma doença em que a parede intestinal está danificada e permite que, além dos nutrientes, toxinas, micróbios e resíduos sejam absorvidos e passem para o sangue. Isso não acontece numa pessoa saudável.

Qualquer inflamação no intestino irá reduzir a habilidade do fígado de fazer o detox do corpo. Todas as toxinas que o fígado filtra são eliminadas, através da bile, no intestino. Só que a parede intestinal precisa estar saudável. Senão, as toxinas podem ser reabsorvidas e voltar para o fígado.

2. Você não está ingerindo os nutrientes corretos
O detox só lhe trará benefícios. Se for feito do modo certo. O detox é saudável porque irá encher seu corpo de antioxidantes e nutrientes. O detox também irá, é claro, fazer uma verdadeira faxina por todo o corpo, de modo que você irá excretar toxinas que estavam acumuladas.

O problema é se você ir para uma dieta detox feita basicamente por sucos. Embora ricos em vitaminas e minerais, eles não têm as fibras e as proteínas que seu corpo necessita para fazer o detox. Os sucos detox eliminam a maior parte das fibras encontradas nas frutas e nos vegetais. E a fibra é importante para ajudar na excreção das toxinas no intestino e, além disso, inibir sua reabsorção.

A proteína também não deve ser totalmente excluída da dieta. O fígado requer bastantes aminoácidos (que você só obtem por meio das proteínas) para fazer o detox. E o processo de detox ajuda, sim, a emagrecer, mas tome cuidado. Você precisa perder gordura e não músculos e proteína. Se não ingerir proteínas suficientes durante seu detox, você sofrerá com a redução do seu metabolismo e problemas ósseos.

3. Você não está comendo direito
Então você resolveu cortar o açúcar, a cafeína e o álcool? Parabéns! É um excelente começo. Desse modo, você estará reduzir comidas ácidas e inflamatórias. Você estará ajudando seu fígado e seu sistema linfático a queimar gordura e toxinas.

Mesmo comendo muitas frutas e vegetais, é preciso saber que há melhores opções que outras. Por exemplo, não deixe de lado comidas altamente nutritivas como o brócolis e a alcachofra (cllique aqui para conhecer melhor a alcachofra e se os comprimidos de alcachofra são uma boa opção). Eles podem te ajudar a purificar o corpo, melhorar a digestão, imunidade, limpar a pele e aumentar a energia.

Mesmo que sejam muito pequenos, o brócolis tem um valor nutricional altíssimo. Eles estão lotados de vitaminas, minerais, antioxidantes e fitoquímicos que irão auxiliar o fígado na expulsão de toxinas. O brocólis também protege contra os danos causados por radicais livres, que são associados ao câncer.

4. Você não está bebendo muita água
Esqueça água de coco ou outras bebidas para "enxugar a barriga". Sua prioridade deve ser a água. Esse líquido precioso é fundamental na hora de eliminar toxinas.

5. Você não está se exercitando


Um programa de detox saudável não pode deixar de incluir certos ingredientes. E não estou falando de comida. Bastantes horas de sono e descanso (o detox requer muita energia), exercícios de baixa intensidade (aumenta a produção do antioxidante glutationa) e bastante água, como vimos acima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário