sábado, 21 de fevereiro de 2015

7 perguntas sobre gripes e resfriados


Ninguém gosta de ser derrubado por uma gripe. Acabamos de sair do Carnaval e a temporada de ataque do influenza é, em geral, de abril a outubro. Mas e se você é um "sortudo" que pegou uma gripe fora de época? De fato, ninguém gosta de ser derrubado com febre alta, dor de cabeça, dor no corpo, mal estar, dor de garganta e tosse.

Qual é a diferença entre gripe e resfriado? Pode tomar Tylenol em caso de suspeita de dengue? A friagem adoece? Quando procurar um médico? Confira resposta para essas e outras perguntas.

Quanto tempo  demora para que eu fique curado da gripe?
A febre costuma durar no máximo quatro dias. Infelizmente, o cansaço da gripe e os sintomas respiratórios (dor na garganta e tosse seca) podem durar por mais de uma semana.



É gripe ou resfriado? Qual é a diferença?
Em geral, os resfriados são mais brandos que a gripe. A gripe pode até mesmo matar os chamados grupos de risco (gestante, idosos, doentes crônicos). Já o resfriado, não. A gripe gera sintomas mais fortes e pode evoluir até para uma pneumonia. 

Se os sintomas que você sente são muito fortes,  a ponto de você faltar o trabalho, então é gripe. Por outro lado, o resfriado causa apenas dores leves, e costuma vir com espirros e coriza.

É verdade que no inverno ficamos mais gripados? Dá para ficar gripado só por "pegar friagem"?
É, sim. Costumamos ouvir, na infância, nossos pais dizendo: "não fique no sereno" ou "não fique na friagem". Tem um pouco (mas muito pouco) de verdade nisso: o frio pode resultar em imunidade mais baixa, porque seu corpo gasta mais energia tentando se aquecer. Daí, menos energia é gasta na regulação do sistema imunológico.

Só que, na verdade, adoecemos mais no inverno por outra razão. O clima frio faz com que fiquemos mais "enclausurados": fechamos portas e janelas. Em aglomerações, esse ambiente favorece que o vírus (transmitido pela saliva) se espalhe.

Qual é o melhor para a gripe: Dipirona (Novalgina) AAS, Tylenol (paracetamol), Resfenol, Melhoral? Qual deles posso tomar em caso de suspeita de dengue?

Ao contrário do que diz a sabedoria popular, o Tylenol
deve ser evitado em caso de suspeitas de dengue
A dipirona, presente, por exemplo, na Novalgina é o remédio mais indicado se você suspeitar da dengue. Ela tem dupla ação: diminui a dor e abaixa a febre. 

Contrariando o senso comum, o Tylenol (que tem a mesma ação da dipirona - analgésico e antitérmico) deve ser evitado ou tomado com muito cuidado (em doses menores que as recomendadas). O paracetamol, presente no Tylenol, é tóxico para o fígado e, em caso de dengue, as lesões a esse órgão podem ser ainda maiores.

O Resfenol, como o próprio nome já diz, é mais usado em resfriados. Ele possui, além do paracetamol, outros dois princípios ativos (maleato de clorfeniramina e cloridrato de fenilefrina). Eles, em conjunto, ajudam com a secreção nasal. Diminuem o corrimento nasal, os espirros, o ardor nos olhos e diminuem a sensação de nariz entupido. O Resfenol dá sono, por ser anti-histamínico (anti-alérgico de primeira geração). E, em caso de suspeita de dengue, o Resfenol não é recomendado, por causa do paracetamol.

O AAS (aspirina) e o Melhoral devem ser evitados em caso de suspeita de dengue, pois aumentam o risco de hemorragia.

Os remédios curam a gripe?
Não. Eles só aliviam os sintomas.

Tem algum remédio natural para a gripe?
Sim: alimentação saudável e bastante repouso são muito mais eficientes que os remédios. Isso porque ingerir vitaminas, minerais e proteínas aumentam sua imunidade e, com isso, seu corpo consegue se defender melhor do vírus. Saiba aqui como aumentar sua imunidade.

Gripe: quando precisa ir ao médico?
Os grupos de risco (idosos, grávidas, crianças menores de 2 anos) devem procurar auxílio médico quando gripadas.

Se você tomou dipirona ou paracetamol, mas a febre não baixa e está muito alta, então é melhor procurar o médico. Também se os sintomas persistirem por mais de uma semana, é hora de marcar uma consulta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário